O Fiat Fastback é o lançamento mais aguardado deste ano e o carro chega à rede de concessionárias no próximo dia 14. O SUV desembarca em três versões de acabamento com duas opções de propulsor.



fiat fastback 01
Fonte: Divulgação Fiat Fastback

Com um design que lembra a BMW X6, parece que a Fiat vai acertar novamente o sucesso da pick-up Toro. O Fiat Fastback já é considerado o carro mais aguardado do ano. Então vamos ver alguns detalhes.

Versões do Fiat Fastback

Serão os modelos Audace, Impetus e Limited Edition, com motor 1.0 turbo e 1.3 turbo, respectivamente. O motor 1.0 turbo é o que equipa o Fiat Pulse: 130 cv de potência e 20,4 kgfm de torque. Já o 1.3 turbo é o mesmo de Compass, Renegade, Toro e Commander do grupo Stellantis, que tem 185 cv e 27,5 kgfm de torque.

Na Limited Edition, o Fastback receberá uma assinatura Abarth, com o ingresso do símbolo do escorpião. O que não significa a preparação esportiva. Com isso, a Fiat dá a largada ao carro mais esperado do ano em três versões para a rede.

Ainda vale salientar que a Stellantis pode implementar uma estratégia de lançar uma First Edition, mas trata-se de um palpite.

Preço do Fiat Fastback

Na apresentação do modelo para o treinamento de rede, a fabricante comparou o Fastback a outros SUVs como Chevrolet Tracker, Hyundai Creta, Nissan Kicks, Tiggo 5X e Volkswagen Nivus.

Desta forma, podemos ler que a faixa de preço do cupê da Fiat posicione-se na casa dos R$ 138,9 mil até os R$ 159,9 mil.

É esperado que o Fastback seja sucesso de vendas em sua categoria – assim como a Fiat Toro que, depois da Strada, é a picape mais vendida do Brasil. O novo SUV também já teve seu consumo revelado após flagras.

Consumo do Fiat Fastback

Segundo as imagens publicadas, no selo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) é possível ver um consumo médio de 11,3 km/l na cidade e 13,9 km/l na estrada, abastecido com gasolina. Com etanol o consumo médio é de 8,1 km/l na cidade e 9,7 km/l no ciclo rodoviário. Mas preciso testar e entender mais sobre os números.

Estes números de consumo farão com que o Fiat Fastback seja mais econômico do que Jeep Renegade, Fiat Toro e Jeep Compass, os três modelos nacionais da Stellantis com o mesmo 1.3 turbo. Renegade era o mais frugal dos três, registrando 7,7 km/litro no ciclo urbano e 9,1 km/litro no ciclo rodoviário com etanol.

Ao usar gasolina, o SUV faz 11 km/litro e 12,8 km/litro, respectivamente. A diferença não é muito grande em comparação com o Fastback, com o SUV-cupê inédito fazendo até 0,8 km/litro mais do que o modelo da Jeep.

Já pode ser visto nas ruas

fiat fastback 02

Foi só a Fiat divulgar as primeiras fotos do Fastback, na última quarta-feira, que diversas unidades do SUV cupê do Pulse sem qualquer camuflagem ganharam as ruas de Belo Horizonte e de São Paulo.

O lado bom disso é que as fotos em ângulos naturais, sem qualquer estudo, preparação ou controle de luz (como fazem com as fotos de estúdio), ajudam a ter uma noção melhor do trabalho feito pelos designers da Fiat ao transformar o Pulse em um SUV cupê com portas do Cronos (com folhas externas próprias). Em resumo, é isso.

Quem vem chamando atenção é a traseira. Não apenas pela semelhança entre a traseira do Fiat Fastback e a dos BMW X4 e X6 (o que Quatro Rodas sinalizou há mais de um ano), mas também pelo tamanho dos para-lamas traseiros.

Há muita lata ali e uma grande coluna C sem nenhuma janela espia, apenas por alguns ângulos é possível notar o vinco que tenta suavizar isso. As enormes molduras das caixas de roda não parecem ajudar a deixar o visual da lateral do Fastback mais leve.

Fotos do carro na cor sólida cinza Strato também reforça que o Fiat Fastback usa a mesma dianteira, com grade e para-choque exclusivos (mas com régua cromada sob o capô), do Pulse Abarth, que vem sendo mostrado com esta mesma cor. Mas outra unidade, com rodas menores, exibe barras cromadas verticais na dianteira.